12, 19 e 26 junho - 16h00 ConversaArte
Ciclo de conversas UMA MÍSTICA DA FRAGILIDADE

Uma parceria Brotéria e Ci.Clo integrada na Bienal de Fotografia do Porto ’21.
Sábados às 16h, no Pátio da Brotéria.

12 JUNHO
Investigação e curadoria no trabalho artístico com fotografia

      Sandra Vieira Jürgens (curadora, dirige a revista Wrong Wrong e as residências raum)
      Catarina Botelho (artista plástica)
      Matilde Torres Pereira (curadora e jornalista, colabora na Brotéria)

Depois da colaboração na exposição “qualquer coisa de intermédio”, no Pavilhão Branco do Museu da Cidade, Sandra Vieira Jurgens e Catarina Botelho reencontram-se para falar do trabalho “das barricadas pode ver-se a cidade”, que integra a exposição na galeria da Brotéria. Com moderação de Matilde Torres Pereira, a conversa traça um percurso pelas metodologias de investigação e curadoria que informam o trabalho artístico com fotografia.


19 JUNHO

A composição do imaginário no trabalho com fotografia: lugares do real e lugares inventados
      João Norton de Matos SJ (Brotéria)
      Duarte Amaral Netto (artista plástico)
      Carla Cabanas (artista plástica)

Com os trabalhos “The End of an Ear” e “In an Infinite Blow”, Duarte Amaral Netto e Carla Cabanas exploram o lugar do imaginário e as narrativas da melancolia através da imagem fotográfica estática e em movimento. Com moderação de João Norton de Matos SJ, a conversa tenderá para as temáticas da viagem, do sentir, e da própria matéria da existência humana.


26 JUNHO

Som e imagem em movimento, o absurdo e o místico na fotografia
      Virgílio Ferreira (diretor artístico da BFP)
      Alexandre Delmar (artista plástico)
      Isabel Capeloa Gil (reitora da UCP)

O convite de Virgílio Ferreira à Brotéria remonta ao confinamento de 2020, quando o mundo estava em reconfiguração depois do choque inicial da pandemia. “O que acontece com o mundo acontece connosco” é o mote da Bienal de Fotografia do Porto ’21, e conduz a conversa com Alexandre Delmar e o seu “Adagiário ou Formas de Falar com Pássaros” e Isabel Capeloa Gil, reitora da UCP e autora de “Literacia visual: estudos sobre a inquietude das imagens”.




Sobre a exposição UMA MÍSTICA DA FRAGILIDADE

Quatro artistas propõem uma imersão sensível em imagens fotográficas, vídeo e som que habitam a tensão entre fragilidade e resiliência. As obras foram produzidas a partir do convite da Brotéria à reflexão sobre o momento de incerteza que coletivamente enfrentamos. Uma exposição no âmbito da Bienal ‘21 Fotografia do Porto, com curadoria da Brotéria e Matilde Torres Pereira.

Bienal ’21 Fotografia do Porto
O QUE ACONTECE COM O MUNDO
ACONTECE CONNOSCO
www.bienalfotografiaporto.pt

Local: Pátio da Brotéria
Duração: 1h30
Entrada Livre
Eventos Relacionados