A galeria da Brotéria é um território que estabelece uma relação entre a rua e a casa. É um espaço integrado nas dinâmicas urbanas, explorando os sentidos e a liberdade necessária à experimentação artística. 

 

DSC02645

 

Há dinâmicas do cristianismo e da espiritualidade que, implícita ou explicitamente, atravessam as disciplinas e linguagens próprias das práticas artísticas contemporâneas. Reconhecendo o mundo da arte como lugar do plural, esta galeria apresenta-se como um território de encontro entre o pensamento e a experiência estética, as artes visuais e a denúncia político-social-ecológica, a mística dos objetos e o silêncio.

A curadoria é feita por um coletivo que procura delinear uma cultura expositiva com uma forte componente experimental. Uma comunidade que busca colaborações para um trabalho honesto e oxigenado pelo tempo lento do espanto.

A galeria quer ser um interlocutor pertinente entre a produção em arte e a criação de novos públicos. O seu lugar na casa faz deste espaço uma estrutura permeável em que se pensa com o corpo da sensibilidade.